leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

15 janeiro, 2016

adapte-se

por valéria tarelho em ,

O meu amor é elástico, anatômico, dobrável, adaptável.
Moldável, o meu amor - massinha - nas tuas mãos criança.
Maleável, o meu amor - de papel - no teu coração menino.
Mas só enquanto, seu moço, você merecer me comer sem caroço.

valéria tarelho


Bookmark and Share

Um comentário:

Anônimo disse...

ai my God.


é de se tentar engasgar...



viral, um cão chupando manga.

rss