leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

27 julho, 2015

águas medicinais

por valéria tarelho em ,

logo viajo
para o lado
que houver
lago
rio
mar

carinhos
termais

[quiça
em um dia
de chuva
intensa
eu vá

liquidar
a seca
intrínseca]

preciso
- umidamente -
afagar
as mágoas


valéria tarelho

Bookmark and Share

dance conforme a música

por valéria tarelho em



entender
o poema
é uma arte

eu invento
tu invertes
ele interpreta
ela pensa
ser a musa

certeza
:
nós
não falamos
a mesma

letra



valéria tarelho
*tirinha do Quino


Bookmark and Share

conto de freud

por valéria tarelho em , ,



começou
a namorar
a quinta-feia
por ser vizinha

da sedutora
sexta-fay


valéria tarelho

Bookmark and Share

amazing

por valéria tarelho em ,



quando
ele é
lago
manso

faço
onda

para
o amor

surtar



valéria tarelho
imagem: "Heart", de Clark Little

Bookmark and Share

long play

por valéria tarelho em ,


tanta coisinha boa acontecendo que já deixei à mão a armadura, escudo, elmo e um maço de velas para os anjos da guarda.
não sei como é com você, mas, comigo, um dia no paraíso é seguido de cem no campo de guerra.
espero que a vida me surpreenda e vire o disco!


valéria tarelho

Bookmark and Share

21 julho, 2015

sempre

por valéria tarelho em , ,

e onde
e quando
e se

houver
uma chance

dance



valéria tarelho

Bookmark and Share

por causa de você

por valéria tarelho em , , , , ,

Para essa gente amiga: da família, da infância, adolescência (inclusive meu primeiro amor), dos esportes, das artes, do trabalho, da vizinhança, das águas azuis de meu berço natal, do verde vale que me adotou; aos amigos que a poesia me proporcionou e que o livro da vida reuniu, aos que ainda não consegui sentir o calor do abraço, mas que jamais me deixaram passar frio; às minhas amoras, amores, flores, estrelas, parceiros, parceiras que são o sol (la si do mi re fa) dos meus versos, todo o amor que couber nessa vida! E, seja ela do tamanho que for, vocês são imensos!

Beijos, feliz dia!

valéria tarelho - 20.07.15
*O texto da foto está publicado no Livro da Tribo 2015


Bookmark and Share

sem título

por valéria tarelho em , , ,

uma pilha de livros, café fresco e um amor felino:
todo domingo poderia resumir-se ao aroma de um poema que ronrona.


valéria tarelho

Bookmark and Share

Abadá

por valéria tarelho em ,


A vida é um louco aprendizado e usa um critério - nem sempre ético - de nos ensinar seus valores e a existência em si. Certamente há alguma razão para essa efusão de fatos nebulosos, que não conseguimos captar com olhos sóbrios. A clareza talvez esteja em outra esfera. Em algum plano iluminado onde não andemos às cegas.

O melhor método "científico" que encontrei para [tentar] entender a sistemática da vida é vestir sua camisa. E seguir o trio elétrico.


valéria tarelho

Bookmark and Share

minha vida é um facebook aberto

por valéria tarelho em , ,


então escrevo. gravo no vento. grafito o tempo. não desperdiço uma gota do suor que salivo. mente fértil, logo engravido.
assim que o texto nasce, me livro.


valéria tarelho

Bookmark and Share