leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

21 outubro, 2014

de espinho e pétala

por valéria tarelho em , , ,


Bookmark and Share

por razão nenhuma

por valéria tarelho em , , ,




desejo um riso 
profundo 
que não corra 
o raso risco 
ou uma rente 
rasura 

e se curve 
sem motivo 
desalinhando o siso 
do sol da boca 


valéria tarelho

*imagem via Pinterest

Bookmark and Share

poemas na vidraça

por valéria tarelho em , , , , ,



De 06 a 11 de outubro, aconteceu em Bento Gonçalves-RS, o XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE POESIA, do qual, infelizmente, não participei. A última vez em que lá estive foi em 2006, mas este ano estive lá, em poemas: alguns versos nas vitrines e no hall do Hotel Vinocap, que hospeda os poetas.
Obrigada a Ademir Bacca, Artur Gomes, Andrea Motta, Cláudia Gonçalves, Toninho Vaz e a quem mais me incluiu, registrou e comunicou minha participação na maior festa da poesia brasileira!!

Alguns cliques, feitos por amigos que lá estiveram:






update: a foto abaixo é do Congresso Brasileiro de Poesia, de 2006, com  Hugo PontesValéria TarelhoArtur GomesChris HerrmannJulio Urrutiaga Almada IEdith Janete Schaefer [em pé] e May Pasquetti, Claudia Gonçalves, Soninha PortoEd Paulo Benvinda Palma [sentados].


Bookmark and Share

18 setembro, 2014

deus que me livro!

por valéria tarelho em , , , , , ,

Em 2015 terei dois poemas em livros didáticos

1. "Livre para voar", em livro de Português Ensino Médio (Titulo provisório), autoria de Maria Teresa Arruda Campos, da Editora Saraiva;

2. "Bolinhas de sabão", em livro do Infantil IV – Classe 1º e 2º Semestres, da Organização Educacional Farias Brito.

São duas grandes novidades : é a primeira vez que tenho poemas em livro voltado ao Ensino Médio e, também, a surpreendente escolha do poema infantil [geralmente publicam o Centopeia ou Dona Joaninha e Dona Baratinha]. 

Além dos didáticos, terei alguns poemas no Livro da Tribo 2015/2016, da Editora da Tribo, cujas capas estão mega lindas [clique na imagem para ampliá-la] !!




Pausa para a carinha feliz :D
E um beijinho a você que me lê!!




Bookmark and Share

senhoras e senhores

por valéria tarelho em , ,

Às vezes, poesia e piada andam juntas no poema. E nem sempre dá para distinguir qual é qual. Aí reside a graça [que é gracejo]: o poema é palco e picadeiro.
Meu eu lírico é de circo.


valéria tarelho

Bookmark and Share

vontade de passar a máquina

por valéria tarelho em

haja paciência para enfrentar essa fase do crescimento ! 
prefiro assim, "joãozinho", como estava em junho [de preferência, de ponta cabeça].

 :)

 

Bookmark and Share

de pedra, perda e pó

por valéria tarelho em ,


se me bate
saudade
apanho sol
chuva vento
suporto abalos
do tempo
:
poemas são
detritos
dentro


valéria tarelho

Bookmark and Share

hashtag debaixodoscaracóis

por valéria tarelho em


eu sou aquela dos pensamentos crespos e ideias enroladas. 
sem permanente.

#debaixodoscaracóis

Bookmark and Share

revesamento

por valéria tarelho em , , ,

ainda é inverno
e já invento
um jeito flor
de levitar a vida
a vera
[sem voá-la
muito a sério]
primavero um verso
da raiz do pensamento
à planta do pé
de vento
setembro
tem essa dança
no ar


valéria tarelho

Bookmark and Share

09 setembro, 2014

setembro tenso

por valéria tarelho em ,

Ei, setembro, não foi isso que combinamos!!

A poesia perde a voz dos mais belos sonetos, Nathan de Castro, um querido amigo!
Os poemas,seus gritos, ficam nos fazendo companhia e servindo de alento.


*fotos com Nathan (e Dalva Agne Lynch) na Bienal do Livro SP, em 2004 e um poema que ganhei dele em 2005

por fim, "o cara", por ele mesmo: 

siga a luz e brilhe mais, querido!





Bookmark and Share