leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

04 dezembro, 2015

passarinhos

por valéria tarelho em , , , , , , , , , ,

Liberdade, é a palavra desta sexta-feira. Ouse asas (sem pena) e faça sua escolha entre o voo e a gaiola (que pode ser de ouro, mas aprisiona, tolhe, bloqueia...aos poucos você morre no seu - inútil - conforto).

Permita-se, conheça o novo, reconheça-se no outro [e no espelho], comece, recomece, não passe a vida reiterando conceitos obsoletos só porque lhes dão segurança [ou ideia de], mas nada acrescentam à sua essência.

Dê uma chance àquele sonho que insiste em aparecer de surpresa, e você ignora. Receba-o bem. Ouça a sua proposta.

Voe, você tem asas. Experimente exercitá-las!


valéria tarelho



“O voo pode ser visto, mas não pode ser dito. O voo dos pássaros está além das palavras. Quando os poetas falam sobre o voo eles não estão dizendo o voo. O poema é o dedo do poeta apontando para o voo do pássaro que está além das suas palavras”.
— Rubem Alves, em “Dogmatismo & Tolerância”, pg.9





* um hip hop só para mudar a trilha do dia smile emoticon

Bookmark and Share

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu vô-o

;)

vVv

valéria tarelho disse...

v-amo que v-amo