Pular para o conteúdo principal

a minha praia

E é daqui, do mar, que eu sempre me despeço. E é daqui, de onde avisto um horizonte diferente do habitual (e tão igual ao de minha essência de areia e sal), que eu abraço o novo, o que promete, o que vem - em branco - ao meu encontro. Está quente, sufocante, mas tem um refresco, além da brisa que sopra agora: o imensurável cenário, que posso conservar nos olhos, marejados de sonhos. valéria tarelho * em Caragutatuba

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

despertar

Amores e amorinhas que seguem meu blog, desculpas duplas: pelo mofo da humilde residência abandonada e pela avalanche de atualizações que farei em junho. São cinco meses de bla bla bla para publicar, tenham paciência,  compreensão e muito "amô" por mim.

Beijos, beijos!

Val