leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

19 novembro, 2015

Primaferas

por valéria tarelho em , , ,



E é com extrema delicadeza que te abro as comportas para que me inundes com as águas da espera. Te escancaro os portais das pernas, as clareiras dos poros, as cortinas dos olhos.

Ofereço, a ti, todos os veios. Minhas riquezas. Para que venhas, e me encontres - sempre - perfumando o leito onde deitamos as mais nuas intenções.

Parecemos feitos de frescor e mansidão. Por dentro, somos fome e erupção. Mordendo as tardes em flor.

[Fr]ágeis dentes de leão.



valéria tarelho

Bookmark and Share

Nenhum comentário: