leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

19 novembro, 2015

Isca

por valéria tarelho em , ,


Tenho palavras reservadas só para você. E palavras inventadas, em uma língua nova e afoita, que só cabem em sua boca.

Tenho, também, palavras mansas, no idioma que você domina, para quando a correria for a tônica do dia.

Tenho prosa [pouca] para seu amanhecer e poesia [em pencas] para todo solto dia.

E o melhor: tenho você, que me inspira e provoca todas essas palavras: de amor e armadilha.


Bookmark and Share

Um comentário:

Anônimo disse...

vitrine e alça-pão.


vVv