Pular para o conteúdo principal

Chaga



Saudade arde. Só quem sente, sabe a intensidade.

"Assopre, meu bem, que passa". Crendice!

Coça, nasce casca, mas, quando parece que está curada, você cutuca ou dá uma batida na [es]quina de uma lembrança.

Saudade não cicatriza nunca. Não dá descanso.


É uma ferida sempre alerta.

Comentários

Anônimo disse…
it's a... vero.
Dez a zero.


vVv
valéria tarelho disse…

saudade sangra :(

Postagens mais visitadas deste blog

despertar

Amores e amorinhas que seguem meu blog, desculpas duplas: pelo mofo da humilde residência abandonada e pela avalanche de atualizações que farei em junho. São cinco meses de bla bla bla para publicar, tenham paciência,  compreensão e muito "amô" por mim.

Beijos, beijos!

Val