leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

30 junho, 2015

no mínimo

por valéria tarelho em , , ,

sobre todos
os "pê esses"
que o poeta
posta

eu poderia
apor
meu pé da letra

mas sou prolixa


se o amor
- assis -
é assim
:
infiel
ilegal
imoral

se é engodo
se engorda
se é caso
de polícia

quem ama
não se importa

aposta
a última ficha

no poema


valéria tarelho
12.06.15
*um longo diálogo com os p[oema]s de Assis Freitas

Bookmark and Share

Nenhum comentário: