leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

22 outubro, 2013

mudança

por valéria tarelho em ,




mudei eu
mudou você

                   [mudamos nós
                    ou o meio em que nos moldamos
                    se acomodou?]

e o poema
que nos so[nh]ava

 emudeceu


 valéria tarelho
*poema provocado pela imagem acima, de Clarice Freire, do 'pó de lua']

Bookmark and Share

3 comentários:

Anônimo disse...

Instintivo, intuitivo, improvável.
Nas suas andanças, só poesia.
E a incrível percepção do que não é assim tão óbvio.
...deixas mudas muitas palavras.

em gritos discretos de um out-door.



iralatas

Anônimo disse...

Por um amigo e por todos Nós:

Todos passam por momentos ruins em
algum momento. A vida não é fácil.
Algo pra se pensar...
Sabia que as pessoas mais fortes
normalmente são as mais sensíveis?
Sabia que aqueles que se mostram
mais prestativos são geralmente os
primeiros a serem maltratados?
Sabia que aqueles que cuidam dos
outros são geralmente os que mais
precisam de quem os cuide?
Sabia que as 3 coisas mais difíceis
de se dizer são 'eu te amo',
'desculpe' e 'me ajude'? Às vezes
alguém parece feliz, mas se você
olhar além do sorriso vai ver a dor
que está sentindo. Por todos os
meus amigos que estão passando por
problemas nesse momento - vamos
começar uma avalanche de intenções.
Todos precisamos de intenções
positivas.
Se eu não vir seu nome, vou
entender. Peço a meus amigos, onde
quer que estejam, para copiarem e
colarem esse post e deixar ele no
topo de sua linha do tempo por uma
hora, que seja - para dar um apoio
para aqueles com problemas de
família, de saúde, de trabalho,
preocupações de qualquer natureza
e que precisam saber que alguém se
importa. Faça por todos nós,
porque ninguém está livre. Espero
ver isso nos murais dos meus
amigos simplesmente pelo apoio
moral. Sei que alguns o farão! O
fiz por um amigo, você também pode
fazê-lo. Copie e cole!! Não clique
'compartilhar'. Deixe as boas
intenções viral-izarem.

te amo meu anjo... fica bem logo.

valéria tarelho disse...

postei isso hoje no meu Face :)

obrigada pela cãopanhia <3

musiquinha tema:

Tranquilamente
Vanessa Bumagny

Passeio sobre minhas pernas
Quase que tranquilamente
Quem me vê passar não vê
Quem me vê passar não sente

Uma bolha de sabão flutuando pela rua
Refletindo a luz do dia canto despreocupada
A nota sai queimando lá de dentro da garganta
Quem vê passar não suspeita suspeitar não adianta

Mas quem olha com cuidado pode ver que lá no fundo
Tem pólvora tem fuzil furacão e tempestade
Você que passou e riu, não sabe nem a metade
Você pra quem eu sorrio não sabe nem a metade