leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

01 dezembro, 2011

A sort of song

por valéria tarelho

UMA ESPÉCIE DE CANÇÃO
[William Carlos Williams]

Que a cobra fique à espera sob
suas ervas daninhas
e que a escrita se faça
de palavras, lentas e prontas, rápidas
no ataque, quietas na tocaia,
sem jamais dormir.

- pela metáfora reconciliar
as pessoas e as pedras.
Compor (Ideias
só nas coisas) Inventar!
Saxífraga é a minha flor que fende
as rochas.

(tradução:  José Paulo Paes)


A sort of song

Let the snake wait under
his weed
and the writing
be of words, slow and quick, sharp
to strike, quiet to wait,
sleepless.

– through metaphor to reconcile
the people and the stones.
Compose. (No ideas
but in things) Invent!
Saxifrage is my flower that splits
the rocks.

WILLIAMS, William Carlos. "The wedge". In:_____. The collected poems of William Carlos Williams. Vol.2. New York: New Directions, 1986.

*imagem:  Futurist typography study by Meredith Caccamo, Fall 2009. From the poem,  A Sort of a Song, by William Carlos Williams.

Bookmark and Share

Um comentário:

ian lucena disse...

Esse poema traz-me sensações muito boas..