leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

14 setembro, 2011

um dia de cada vez

por valéria tarelho em ,


viver dói, dear
dá náusea
dor de barriga
sangra
faz ferida

viver - essa úlcera -
não cicatriza

viver
é uma febre
por dia
virose após virose
epidemia

viver - essa doença -
contagia

viver alucina
viver é dose
viver consome
viver leva à morte

viver - essa narcose -
vicia

só por hoje, vida
[sobre]
viva


valéria tarelho
*publicado hoje no Poema Dia

Bookmark and Share

4 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Amiga Valéria, relamente, viver não muito fácil.
Um grande abraço. Tenhas um bom dia.

Daíse disse...

Que delícia de cantinho!!! Quero ficar aqui por mais tempo !!!!
Adorei!!!
Bjo!

Batom e poesias disse...

Poema lindo de viver!

Gostei muito!
bj
Rossana

Batom e poesias disse...

Poema lindo de viver!

Gostei muito!
bj
Rossana