Pular para o conteúdo principal

h-ouse

perdi o hímen
ganhei os homens

fui possuída por inúmeros
hormônios


hospedo histerias
na memória
deixo evadir
as melhores histórias


sou hora agá
hipérbole
habitat


no menu de hoje 
sou o hábito
que há


possuo humor
mal passado
hálito al dente
horror ao pacto
reticente


adoro um hífen
ace-bolado


valéria tarelho
Safe Creative #1012128053751


*hoje também postei no vale em versos

Comentários

julio rodrigues correia disse…
Poema inteligente bem construido com pitadas de erotismo recatado.
Eryck Magalhães disse…
Seus poemas possuem um belíssimo ritmo, ideias interessantíssimas e não deixa a desejar quanto a forma/imagem.
Parabéns!
Mirze Souza disse…
Maravilha, Valéria!

Ser hipérbole e habitat!!!!

Parabéns pela bela construção!

Beijos

Mirze
Rosangela disse…
Bela construção, harmônico, franco e acima de tudo sempre bela poesia!
Bjs poéticos parta vc Valéria!
L. Rafael Nolli disse…
Taí um belo poema, desses difíceis de achar!
Abraços!
Ricardo Mainieri disse…
Me empresta este superpoema para postar no blog.
Vc. misturou bem os ingredientes, Val. Parabéns!

Beijão.

Ricardo Mainieri
valeria soares disse…
Quando crescer, quero escrever igual a você!

Muito bom!!!!
V. Linné disse…
Nunca deixo de me embasbacar com o modo com brincas com as palavras, Val.
COMO PARTICIPAR NAS EDIÇÕES DO EPISÓDIO CULTURAL?

O Fanzine Episódio Cultural é uma publicação bimestral sem fins lucrativos, distribuído na região sul de Minas Gerais, São Paulo (capital), Belo Horizonte e Salvador-BA. Para participar basta mandar um artigo: poema, um conto que não ultrapasse 1 folha inteira no word (Times Roman 12). Pode mandar também artigos que abordem: cinema, teatro, esporte, moda, saúde, comportamento, curiosidades, folclore, turismo, biografias, sinopses de livros, dicas
de sites, institutos culturais, entre outros.

Mande em anexo uma foto pessoal para que seja publicada juntamente com a sua matéria.. Mande também (se desejar) uma imagem correspondente ao assunto abordado. Caso o artigo não seja de sua autoria, favor informar a fonte.

PARA ENTRAR COM CARLOS (Editor) ligue:
(35) 3295-6106
(35) 8833-9255
machadocultural@gmail.com
O jogo de espelhos foi bem colocado neste poema. `As vezes somente conquistamos algo quando perdemos. E vice-versa... poesia para a vida.
Dayse Batista disse…
Te considero uma poeta de primeiríssima linha, das melhores. Feminina até a pontinha dos cabelos, pões em palavras tudo o que nós, todas as outras mulheres, somos ou nem ousamos ser.
Beijo.