Pular para o conteúdo principal

geminado


Google imagens


te pressinto perto
e quero distante

um toque de peles
um nocaute

um gemido entranhado
um siso extraído

um riso 'coolgato'
um fiapo
retirado dos caninos

pecado a
penas pensado
entre quatro paredes

o arrepio
e o arrependimento
moram lado a lado


valéria tarelho

*publ. no Poema Dia, abril/2010

Comentários

sidnei olivio disse…
Muito legal essa construção: cada estrofe tem voz própria sem deixar de compor o poema. Magnífico! Não me lembro de ter comentado no poema dia, mas não me esqueci do poema. Beijo.