Pular para o conteúdo principal

das iminências

imagem: "La poesia prêt-à.porter", de Francesca Biasetton


sendo velada só
por uma lua em fase
quase fora de si
deito poemas débeis
em dúbios lençóis
semi-sóbrios

                   [as letras - sábias -
                   treinam o equilíbrio
                   das frases
                   meio trêmulas]

enquanto a lua
sai de cena
um tanto bêbada

(de sonho)


valéria tarelho

*versão ilustrada aqui .
** imagem do topo usada com autorização da autora.


Comentários

Anônimo disse…
...êxtase.
Anônimo disse…
...ô menina linda.
sidnei olivio disse…
Bêbado de luar. bj
Pablo Rocha disse…
Contagiante, Valéria. Parabéns!

Beijos!