Pular para o conteúdo principal

tua_regue

imagem via deviantart.com


1


porque eras vida
eu te tomava
às claras
sorvia em bicas
antegozava ao
primeiro gole


eras minha enxurrada
chuvessência
pura substância
palavrágua
de potável transparência


tanto fervílhamos
que secou a fonte
o ci|cl|o das thermas
terminou
em pó


[pós lama]


do amor
que era úmido
não há indício
de gota


ou vestígio
na boca
do passado
a vapor




2


logo agora
que éramos 
como água
- liquefeitos
um para 
o outro -
entrou
um mar
de areia

por que saara
?


valéria tarelho

Comentários

sidnei olivio disse…
Perfeito e belo. bj
Anônimo disse…
...poxa.