Pular para o conteúdo principal

matinal

getty images


manhã
de arte
& hortelã

chove na boca
uma saudade
menta
[morning
drops
]

a pele pede
algo ardente
para que eu cometa
poema [ponto] com
manteiga

e logo cedo
peque
ao matar as fomes

serve
café fresco
leite quente
pancake

o beijo de sempre
:
seu
aceso



valéria tarelho

Comentários

sidnei olivio disse…
Um poema que salta aos olhos e saliva a boca. Beijos.
Í.ta** disse…
muito muito sensitivo.

parabéns. ficou muito bem escrito!
André HP disse…
bem sugestivo...

abraço!

Postagens mais visitadas deste blog

despertar

Amores e amorinhas que seguem meu blog, desculpas duplas: pelo mofo da humilde residência abandonada e pela avalanche de atualizações que farei em junho. São cinco meses de bla bla bla para publicar, tenham paciência,  compreensão e muito "amô" por mim.

Beijos, beijos!

Val