Pular para o conteúdo principal

a fome e a vontade

poema recém-nascido da união de uma imagem e um 'comentarioema' :


homem ao cubo x mulher de lua


suas seis faces
cabem em meu lado
fêmea de fases

só não digam
pensem
falem

deixem o papo
quadrado

ralem e rolem
- em meus quartos -
os dados


valéria tarelho


potência
[AL-Chaer]


Homem ao Cubo
tu és fera

elevas

por
uma mulher à primeira


[extraído do comentário de Al-Chaer ao post "ao cubo", de Rubens Guilherme Pesenti - blog Poemastigando]


update : 23/04 - 9h18

~> postei mais um "diálogo" no poema curta-metragem. curtam!

Comentários

Clauky Boom disse…
seria uma poesia ao cubo que deixou o poema de quatro? (ins)pirar sempre!
Myrela disse…
Estou elevada a zero, ou seja, só 1 frase a dizer: lindos os teus poemas!
valéria, como tudo isso nasceu lá no meu blog e aproveitando o título do seu, deixo aqui como comentário um poeminha meu meio antigo chamado Textura:

a única textura viva
que meu corpo atura
é sua pele em pelos

nua

que sua, delira
e desfalece
da pele minha

nua

textura única
que a minha em reta
suave e dura
penetra e perpetua


beijos.
Adriana Karnal disse…
Valéria,
é o rala e rola, desenrolando a poesia, enrolando as palavras...me enlaçaste, viu?Adorei!
valéria tarelho disse…
Meninas, obrigada!!!

Rubens, duplo obrigada: pelo mote e por essa maravilha de poema. Textura com T maiúsculo. Amei!!!

beijos gerais!

Postagens mais visitadas deste blog

despertar

Amores e amorinhas que seguem meu blog, desculpas duplas: pelo mofo da humilde residência abandonada e pela avalanche de atualizações que farei em junho. São cinco meses de bla bla bla para publicar, tenham paciência,  compreensão e muito "amô" por mim.

Beijos, beijos!

Val