leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

01 abril, 2010

e por falar em mentira...

por valéria tarelho em ,

ferramenta

o poema
p[r]ega
a mentira
pela pe[r]na



imagem de Bruno Rodrigues


ora pílulas


se o poeta
finge dor
o poema
forja
uma fuga
da morfina

metáfora rima
& heterônimas
aspirinas

o poeta
- pessoa -
tanto mente
quanto sente


valéria tarelho

e.t.: parabéns bloguinho lindo da mamãe - 5 aninhos [já sabe até escrever o nome ;)]

Bookmark and Share

7 comentários:

V. Linné disse...

O poema sobre pessoa lembrou-me um conto meu.

Licença para cometer a imensa ousadia de postar-te um link dele.

(Desculpe, mas está sediado só no Orkut. Não foi para o blog esse.)

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=96776679&tid=5443644767332712785&kw=deveras

nina rizzi disse...

vc é foda, mulher...

sabe que hoje eu tava relendo uns emeios bem antigos, 2003, aí achei um que cito vc como referência. nem existia e. suicidas ainda. lembra do terapia poética?

beijão.

Cláudia Lima disse...

Feliz Páscoa, Val....
Beijos...beijos....

Renata de Aragão Lopes disse...

Parabéns
pelo 5º aniversário do blog
e pela linda produção literária!

Beijos doces de lira!

Guto Leite disse...

Gosto muito do primeiro poema, Val, e gosto do segundo, acho que pelo sucinto do primeiro, mas fractal. Parabéns pelos cinco anos de blog, poesia exímia e intensa, sempre. Obrigado por deixar ler.

jdariosjunior disse...

Grande poetisa vc é! Por que as mulheres sabem falar mais do amor! Doces palavras. bjs.

jdariosjunior disse...

Grande poetisa vc é! Por que as mulheres sabem falar mais do amor! Doces palavras. bjs.