leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

14 março, 2010

sossega, leão !

por valéria tarelho em

[trecho]

"há um psicotrópico ultravioleta
no menu de ofertas"


~> hoje é 14, dia de post no "poema dia"

apostei / postei uma tentativa de espelhar a lucidez crua e nua, que, vista bem de perto, pode parecer loucura e dediquei tais linhas de realidade ao Rodrigo de Souza Leão [que, lá de Marte, deve estar dizendo: "mas que merda!"], sem pretensão de homenagem póstuma, afial, "há vida em marte".

Bookmark and Share

Um comentário:

valéria tarelho disse...

ingerir ao som de maluco beleza:

Enquanto você
Se esforça pra ser
Um sujeito normal
E fazer tudo igual

Eu do meu lado
Aprendendo a ser louco
Maluco total
Na loucura real

Controlando
A minha maluquez
Misturada
Com minha lucidez

Vou ficar
Ficar com certeza
Maluco beleza
Eu vou ficar
Ficar com certeza
Maluco beleza

E esse caminho
Que eu mesmo escolhi
É tão fácil seguir
Por não ter onde ir

Controlando
A minha maluquez
Misturada
Com minha lucidez
Eeeeeeeeuu!...
Controlando
A minha maluquez
Misturada
Com minha lucidez

Vou ficar
Ficar com certeza
Maluco beleza
Eu vou ficar
Ficar com certeza
Maluco beleza
Eu vou ficar
Ficar com toda certeza
Maluco, maluco beleza...

Composição: Cláudio Roberto / Raul Seixas