Pular para o conteúdo principal

no ar

escritoras suicidas, edição 37 | outubro de 2009
temas: os quatro elementos (água, fogo, terra, ar) ou os signos | pés | aquele beijo que te dei

~> participo dessa edição com quatro poemas [dois inéditos] relacionados a signos.

http://www.escritorassuicidas.com.br

Comentários

Rudny_ disse…
Parabéns pelo blog, tem um belo template e ótimos textos...

Sou acadêmico de Letras-Inglês na UFMT e há 1 ano e "escrevo" há 2. Tenho um blog com alguns textos postados e tenho recebido cascudos de incentivo para divulgar o meu espaço, então, venho humildemente à tua morada deixar um singelo link para o meu blogzinho:

http://turbilhaopsicodelico.blogspot.com

Espero sua visita, e também espero que aprecie. Se não gostar, solte o verbo. Quem escreve dá a cara aos tapas, socos, pontapés, e quem não apanha não evolui.

Obrigado.
tenorio disse…
Ei queridíssima Valéria! Para mim, a maior poeta da minha geração. Sou o Tiago Tenório, que colabora todo dia quinze no Poema Dia. Estou lançando um novo blog, que é um folhetim virtual onde o leitor poderá acompanhar, capítulo a capítulo, meu romance inédito “Garcia vai morrer”, que trata de um cara (o Garcia do título) que descobre que morrerá muito em breve. Agora só o que ele quer entender é: quem teve uma vida medíocre, merece uma morte mais medíocre ainda? Inconformado com o fim que o espera, provavelmente num leito de hospital público, ele vai em busca de um outro desfecho, talvez mais grandioso. E este é um convite que faço para que visite o espaço, repare se gosta de alguma coisa, deixe seus comentários, me ajude a descobrir se o texto vale alguma coisa ou não. Se você chegou até aqui, agradeço demais a atenção dispensada e até breve. Evoé!

garciavaimorrer.wordpress.com/
Vinicius Linné disse…
Sei que não é hora (nem lugar).
Mas como se faz pra participar?
INFETO disse…
Gostei do espaço.
Visita o meu

http://poesiafotocritica.blogspot.com/

Abraços
.Leonardo B. disse…
[são os caminhos que não se escolhem nos mapas, aqueles que mais horizontes nos trazem, se desprendidos de bússolas e estacas de maré; o instinto traz-me aqui e posso seguir viagem com a sensação que posso voltar a porto seguro, caminho futuro, sempre que quiser]

um imenso abraço, Valéria

Leonardo B.

|agora sim, vou visitar as escritoras suicidas que se escaparam à sofia copolla|
Anjo disse…
Por onde andas, poetisa?