leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

24 novembro, 2008

"poesea"

por valéria tarelho




é nas manhãs
que me reinvento
em um desejo em ondas

e oceano é o que chamo
toda mínima gota
que - nua - brota
na têmpora do que
nem espero

- e sei bem certo
o quanto
[e tanto] quero -

[a mesma - bêbada - que ousa
um tonto [des]tempero
em meu azul
teto-da-boca]

é nas manhãs
quando estrelas tolas
já não cabem
em seus tímidos porquês
que uma outra
[ultra-violenta] inflama

e paraíso denomino
um tsunâmico sorriso
onde surfo idéias súbitas

[ ávidas em ver
meu equilíbrio espúrio
dando um mergulho
no mais profundo
desatino seu ]

[under the sun
beyond the sea
above the skin
:
dúvida alguma

meu solo só
oscila entre

yes and

sim]


valéria tarelho
vídeo: "on the beach" - chris rea

Bookmark and Share

Um comentário:

Barone disse...

Belíssimo Valéria!