leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

26 novembro, 2008

oz não é aqui

por valéria tarelho



o tédio
[ tema batido ]
de todo dia

a taquicardia
[ velha amiga ]
do peito tísico

o trauma
[ antiga trama ]
dos medos de tranças

o tempo
[ a toque de valsa ]
tricotando detritos

sorrir para o sol
que sai de assalto
e entra em cartaz
:
truque [ frustrado ]
de aprendiz

[ tornado
possível
é só
um invento
over
the rainbow
]


valéria tarelho

*retirado do baú

** este poema foi musicado por Rogerinho Borges logo após minha ida ao ES; a música é uma delícia (especialmente as duas últimas estrofes), só lamento não tê-la disponível para que vocês possam ouví-la :(

*** vídeo: trecho do filme The Wizard of Oz

Bookmark and Share

Um comentário:

Guto Leite disse...

Adorei o poema, Val! Me lembrou, pelo tom, um da Cecília em que ela começa por descrever um pássaro e vai ficando cada vez mais abstrato ("mais leve"), conhece? Eu adorei os colchetes que parecem rasgar as palavras com grande força de imagem! Poema em Dó Maior! Beijo grande