Pular para o conteúdo principal

valium




acordo cedo:
neuras indomadas
medos mal dormidos

bocejo um verso avesso
cheio de dedos
não-me-toques
tiques

mal espreguiço
vendo a alma ao vício:
acendo um café preto
requento o cigarro
[lembro que o poema
que ora escrevo
ainda nem foi ao banheiro]

acordo cedo
com o pé esquerdo
pisando nos meus calos


valéria tarelho

Comentários

Ah...agorinha mesmo estava escutando Chico, com sua música "Cotidiano".
E eu achando que seria mais um dia para pisar em meus calos.
Já não é
Palavras me dão vida
As suas me deram uns suspiros a mais.

Postagens mais visitadas deste blog

despertar

Amores e amorinhas que seguem meu blog, desculpas duplas: pelo mofo da humilde residência abandonada e pela avalanche de atualizações que farei em junho. São cinco meses de bla bla bla para publicar, tenham paciência,  compreensão e muito "amô" por mim.

Beijos, beijos!

Val