Pular para o conteúdo principal

mais um adeus


Arlindo Teixeira, 80 anos
dez 1927 - set 2008

Nasceu português, veio para o Brasil aos dois anos, tornou-se mais que brasileiro: guarujaense, terra que o viu crescer, casar com sua Mercedes, ter filhos, netos, bisnetos...
Viveu até que o céu não pudesse mais esperar por ele: o anjo que chamo de tio.

Comentários

Anônimo disse…
... nossos sentimentos sinceros (compreendem melhor aqueles que já os tiveram como companhia).

viral.
julinho disse…
Valéria! A tristeza que nos toma, talvez com um fundo de egoísmo, nos faz também acordar para a nossa crua realidade..O que somos?
De coração, um abraço fraterno a você e aos seus. Deus sempre nos conforta.
julinho