Pular para o conteúdo principal

simples assim

nem todo blues
embala o pôr-do sol
nem todo jazz
traz juras
nem todo soul
soletra
o sonho em si
nem mesmo o rap
é assim
so happy

penetra o som
samba-canção
se sua voz


valéria tarelho

Comentários

Anônimo disse…
Se não me engano, hoje é o dia da poesia.
Parabéns a todos vocês, que dominam as palavras e as fazem dançar conforme sua arte e sensibilidade.
Em formas deliciosas,magestosas,talentosas (eternizadas em beleza).
I nóis aqui, boquianalfabertos.

Viral.
yes, hoje é o dia internacional da poesia, mas a danadinha também apagou as velinhas dia 14/03 (dia nacional).
parabéns a ela!
Anônimo disse…
PelamordeDeus.
Conserta o Magestosas no post anterior (arruma prá Majestosas tá?).
Qui falha... qui vergonha(rs).

Discurpa.

Viral.
Infelizmente o sistema de comentário não permite alteração do seu texto, mas fica aí o majestoso apelo...

"herrar é umano" :)
Mario Poloni disse…
Enfim!!!!
Se possível... não fica mais tanto tempo sem atualizar... meu bem estar poético agradece...
Bjsss!
mario, se possível, se possível...
minha saúde mental também depende da poesia (que loucura!) :)

beijo!
julinho disse…
Somos como um pássaro esvoaçante num val(e) devastado, sem pouso seguro! Assim ficamos quando órfãos, mas
"...belo dia
amanheceu Val
não tardou
aconteceu poesia...
Mantenha-nos vivos >>>>>>>>>>>>>>>>
Ricardo Mainieri disse…
Val :

O jazz aqui jaz/
a valsa valeria a pena/
o soul som da alma/
o maracatu(nós)(eles)(todos)/
os ritmos...
Brinquei com teu poema. Vc. deixa, não é?

Beijão.

Ricardo Mainieri