Pular para o conteúdo principal

as faces de eva

no seu papel
de fêmea
ela tem um quê
de fibra
tem um toque
de força
:
polpa de machê
pose e pompa
de kraft

no papel [clichê]
que encena
tem a face frágil
do glacê e seda
é versátil
como e.v.a.

fina dócil maleável
a bela fera
torna o macho
peça fácil

de embrulhar


valéria tarelho

Comentários

Tião Martins disse…
Bonito Léria. Esse poema é a própria textura...
bjs
Pituco disse…
poxa,agora não entendi...o macho é o embrulho,o presente ou uma embrulhada?
amplexosaudosos
namaste
Ricardo Mainieri disse…
Valéria :

Tem um hexagrama do I Ching que se chama "A Força do Fraco".
As linhas contínuas são masculinas, as interrompidas, femininas.Neste hexagrama, elas estão empatadas : 3 x 3
Ele diz que na aparente fraqueza, está a força...
Embora não tenha um olhar tão tradicional, acho que a mulher com seus atributos de fêmea conquista o "forte" elemento masculino...
Belo, humorado e reflexivo poema.

Beijão, valeu a visita ao blog.

Ricardo Mainieri
Andréa Motta disse…
Val,
este segue o ritmo que mais gosto em você ;)
Ah..estou lhe preparando uma surpresa,quando estiver pronta lhe aviso..Beijão.
Adm.SPP disse…
Valéria:

Lindo poema As faces de Eva. Uma mistura, um embrulho de papéis e sentimentos. Parabéns pelo seu talento. Grata por mais este belo momento poético.

De quem são as asas
a entorpecer o arco-íris?
- das flores que voam.

^Chris-Borboleta^
gut eingepackt...João Luis