Pular para o conteúdo principal

parabeijos !



Amor Aos Pedaços
para Nick, doce poesia

Nicolle
é dengosa e doce.
É como se Nicolle fosse
leite moça,
compota,
maria-mole.

Meu doce-de-leite
caçula,
parece gente
de açúcar:
escoa mel
de seus olhos
e há caramelo
na fala
(ponto de bala mole).

Nicolle é a doçura
em pessoa!

Deus do céu
como cresceu
meu rocambole!
Nicolle,
papo-de-anjo,
adolesceu
e o mashmellow
que a recobre,
já não disfarça
as mudanças
que meias-taças
encobrem.

Sob a baba-de-moça,
se oculta
Nicolle-criança.
Envolta
em seu sonho de valsa,
Nicolle ensaia
passos em falso
de adulta.
O tempo passa,
dá voltas, rodopios,
enquanto Nicolle encanta
e recheia a vida
com suspiros.

Nicolle
é receita secreta
de fácil preparo,
repleta
de ingredientes raros.
É como se Nicolle fosse
codinome sagrado
dos doces,
segredos de família.

Nicolle:
mousse-da-minha-prole,
trufa-minha-filha,
meu-amado-camafeu...

petit four
que a vida me deu.


valéria tarelho
há 17 anos nasceu meu bom-bocado.
Nicolle é sinônimo de mel,
meu doce mel.

Comentários

Jalves disse…
Lindo,sinplesmente doçe!
Parabéms pelo Pão de Ló de sua vida.


Com engenho e açucar!
Um abraço deste ládo do mar.
obrigada, Jalves, um doce abraço!!
Pituco disse…
Uau,poetisa,tua receita de doçura(Nicolle)inspira a minha(Natália),com muitos ingredientes em comum...a tua Nicolle,parabéns!namaste
Pituco, pelo jeito essas meNiNas são a fonte do mel que adoça nossa vida.
Beijo para você e outro para a Natália!
Anônimo disse…
São muito mais que simplesmente belas (todos os seus anjos).
Trazem, com certeza um tanto assim de seu talento e sensibilidade. A beleza externa está escancarada e seria redundância comentar.
Parabéns por suas filhas e a elas por você.

Viral...
jdariosjunior disse…
Lindo demais Valéria. Muito belo. Vc transpira, respira e expira poesia. Parabéns bela!