Pular para o conteúdo principal

pégasus


pintura: the black pegasus © odilon redon

poesia é o peso
ao qual dou asas

chumbo
ao qual dôo plumas

palavras- (a) penas
ofereço às pedras

perdas passadas
arrulham paz
no aço - ofício -
do viveiro livro

presente é pássaro
em vôo livre
arbítrio
ao saber do vento
ao sabor do tempo
- sabiamente -

o futuro
- mítico -
reserva os versos
que a zeus pertence


valéria tarelho

Comentários

Anônimo disse…
Voei no tempo ao ler esse belíssimo poema, ao saber do vento. Que brilhante Val, vc estava nas asas ícaras e voou acima de todas as alturas.
"Psicopoetas", assim somos nós, embora eu esteja mais patético que meu cãozinho, rss
Beijo
(posso publicar no zoopoesia??)
Sidnei
pode, Sid, por sua "psiconta" e "riscopatia" ;)


beijo e, embora você seja digno de suspeição, OBRIGADA!
Anônimo disse…
Tá, espero vc voltar, insuportável!!! (rss), mas vc pode!!
Ando, como sempre, bebendo na sua fonte: estou escrevendo algo sobre o poema de quarta, mas só quando vc voltar. (psiconta é bom, riscopatia é ótimo, rss) Beiiiiiiijos
Sidnei
Sid, depois do tanto que já azucrinei sua paciência nesses anos-luz todos, sem que você largasse a cruz, acho posso qualquer coisa.
aceite essa máxima: sou seu carma
(karma-surta):)

só viajo dia 2, até lá falamos outras bobagens. papo sério só de 16 do dez em diante, se os fãs me deixarem voltar (hahaha, olha a insuportável se manifestando!!)

beijo noiado!
Pituco disse…
poetisa cigana,poema bruxo!...curti bastante, também, 'as horas suicidas'...aliás,quando li VW,confesso,não entendi nada...saí uivando!mas,isso foi 'a long,long time ago',agora preciso reler,certo?...amplexos sonoros...namaste
Anônimo disse…
Gente, vc está demais! Quero ouvir essa homenagem musical... Detalhe: pra colocar letra, escute com atenção a batida, geralmente é quadrado (um, dois, três, quatro compassos), descarte o último e mantenha a tonicidade no final, entendeu? Letra é sempre quadradinha, não dá pra ser diferente.
Quanto ao cd, ouça e não critique, rss
Ontem seguiu o livro do Marcos, aguarde!
Preciso encaminhar um texto por e-mail, diga qual.
Preciso dizer que te adoro! Diga quando...
Preciso lhe mandar um beijo: aí vai...
Sidnei
Wilson Guanais disse…
posso levar este lá pro meu espaço(outros poemas)?
abraço
Pituco: na verdade não li muita coisa de VW, o poema é mais uma brincadeira entre o jeito "canino" que a poesia me abate e uma obra de Virgínia intitulada Flush (cujo personagem central é um cãozinho). Com esses ingredientes e o fato do sobrenome dela lembrar "lobo", surgiu "as horas (suicidas)".

Beijoca, boa semana!

Sid: já te falei sobre os neurônios, então vc sabe que desta moita loura não sai letra de música ;)

Recebi o texto, o beijo, falta o livro. Logo mais te escrevo (esta semana tenho curso na biblioteca, ou seja: semana literária, literalmente corrida ~> a programação está no link abaixo)

http://www.fccr.org.br/destaques/semana_literaria_cassiano.htm

Beijo!!


Wilson: Pode, claro! Obrigada pela visita, assim que tiver um tempinho passo lá no seu espaço.

há braços!!