Pular para o conteúdo principal

das sutilezas

temos um modo
próprio
de nos tocar

toque
nem sempre
físico

estímulo
contudo
químico

bombástico
jeito atípico
de agitar
o átimo

poético
aspecto tátil
ao tanger
o íntimo
e atingir
o núcleo
:
oculto
no concreto
translúcido
no abstrato

tatuado
no espaço gráfico
nosso [im]pacto

com tato
com tanto
trato

tácito
como de hábito


valéria tarelho
* há um sujeito oculto
em minhas pressas e rações diárias.
à poesia que emana dele,
meu olhar suspeito
[preso em flagrante deleite].

** soundtrack:
apenas mais uma de amor - lulu santos

"deixo assim ficar subentendido"

Comentários

Jalves disse…
Prescutando o horizonte, como o que nunca encontra, une o lá longe de azul, com farripas de branco núvem.

Voltarrei a passar!

Um abraço deste lado do mar.