leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

02 dezembro, 2005

( )

por valéria tarelho em ,

há um nada novo
no íntimo

um oco recém-nascido
ocupando o buraco
do velho vazio
morto de tédio
há pouco

valéria tarelho

mas não sorria
incapaz

tremia
simulacro de vácuo
sem paz
nesse buraco

frederico barbosa
em
louco no oco sem beiras

Bookmark and Share

3 comentários:

Márcio Bezerra disse...

Gostei, beijos...;

Anônimo disse...

Val, "é sempre bom lembrar que um copo vazio está cheio do ar", frase do ministro, lembra?
Gostaria de saber do seu livro, quando vai ser editado?
beijos
Sidnei

Vin disse...

Do lado oposto do nada, tem você...
Preenchendo vazios, deixando-os sem ter o que fazer
Invadindo... mais que tudo... todos nossos sentimentos
Tornando simples palavras nos mais lindos pensamentos.