leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

06 junho, 2005

polígono

por valéria tarelho em ,



quantos lados tem o nosso caso?
quantos ângulos?
retos, agudos, obtusos?

que figura é essa que formamos,
onde cabem inúmeros
triângulos absurdos?


valéria tarelho
poema de hoje e amanhã, no Livro da Tribo.
ilustração de Martinês, feita especialmente para a agenda

Bookmark and Share

3 comentários:

Moacir Caetano disse...

polígonos
de lados iguais
não são mortais?

Cidadão das nuvens disse...

Quem é o sortudo que formou essa figura com você?


bjosss
Renato

Anônimo disse...

há apenas
um triângulo
escuro
entufado nas
mãos frouxas
: entre
tuas coxas