Pular para o conteúdo principal

sem título

meu estilo
etílico
destila
veneno
inócuo
:
palavra
líquida
que inoculo
na veia
da folha
pálida

rima
falha
que vagueia
do imo
ao limbo
da escrita
volátil
:
fértil-fútil

num átimo
[ébrio]
até ultimo
um ótimo
poema

num estalo
[lúcido]
mando a-penas
pelo ralo


valéria tarelho

Comentários

Linaldo disse…
gosto de estilos etilicos como o seu. beijos
Moacir Caetano disse…
etílico
idílico
elíptico

id e ego
me entrego
a cabeça
numa bandeja...

enquanto sua poesia
me beija...