leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

12 maio, 2005

por um fio

por valéria tarelho em

somos soltos
(b)ambos

somos um ponto
e outro
costurando o todo

somos lassos
mesmo quando atamos
nossos atos (falhos)

somos desembaraço
alinhavando a (rota) rotina

somos eu e tu
dois traços a v u l s o s
a um passo do impulso
de

sair
da
linha



valéria tarelho

Bookmark and Share

3 comentários:

Suzana Prado disse...

Sair da linha e levitar...bom isso!!! bjs

Linaldo disse...

por um fio não conheceria tua poesia, que cada dia me encanta mais. beijos

paulo de toledo disse...

gostei do poema. leve e solto. como um sopro de beleza. abração.