Pular para o conteúdo principal

dangerous

para o nosso bem
é bom que você fique aí
exatamente onde
a gente se desencontra:

eu, no seu canto [mudo]
você, no meu cantar [silente]

sigamos em frente
retas paralelas
ao invés de vias curvas
rotas tortas

pois sempre que a gente abusa
e cruza
causamos acidentes
e múltiplas fraturas
expostas


valéria tarelho

Logo mais estarei em Sampa City, na Casa das Rosas, onde faço a oficina de criação poética do Frederico Barbosa.
O curso termina no próximo sábado (21/05) e haverá um recital às 18hs. Estão todos convidados!
Av. Paulista, 37 - estação Brigadeiro, do metrô.

Comentários

Moacir Caetano disse…
Mas às vezes a dor é melhor que a ausência de sentidos...
beijos!
Suzana Prado disse…
Vc conseguiu traduzir tudo o que sinto agora...bjs !!!
Roberto disse…
que bom ler isso...ótimo