leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

29 dezembro, 2011

que seja doce!!!

por valéria tarelho

Click to play this Smilebox greeting

Bookmark and Share

24 dezembro, 2011

Felivros Natal

por valéria tarelho


Um Natal de paz e 'felicidádivas' aos queridos amigos que acompanham o textura!
Beijos e abraços,

Val

Bookmark and Share

19 dezembro, 2011

status

por valéria tarelho em ,

evoluiu
 :
de chato de galochas
virou louis vuitton
sem alças

 [no fundo continua um pé no saco]


 valéria tarelho

Bookmark and Share

causas naturais

por valéria tarelho em ,



overdose
de vaidade
na veia
:
a velha
meia-verdade
morreu
inteira


valéria tarelho
*post da semana passada, no "curt-metragem"

Bookmark and Share

15 dezembro, 2011

nós

por valéria tarelho em



1

quando nos inverto
você é 
acerto que 
nessa volta
é sela sob
ser que 
sou

[o 
mesmo que 
na ida me 
galopa
o]


2

nós
de escoteiros
até que o tempo
descosture
a fantasia
flor-de-lis



3

de tanto insistir em nós, ficou apertado nos desmanchar





valéria tarelho

* imagem 1 : capa do cd de Marcelo Camelo
** imagem 2: pintura de Isabel Lhano



Bookmark and Share

13 dezembro, 2011

parto

por valéria tarelho em ,


no Livro da Tribo 2008

Bookmark and Share

12 dezembro, 2011

vai idade

por valéria tarelho em ,


do espelho
ao espólio
é um piscar
de olhos


valéria tarelho

* publiquei hoje no "curta-metragem" outro poema sobre vaidade

**imagem via Google imagens

Bookmark and Share

06 dezembro, 2011

nirvana

por valéria tarelho em ,


Bookmark and Share

05 dezembro, 2011

pintura ao alho e óleo :)

por valéria tarelho



poema completo AQUI

Bookmark and Share

04 dezembro, 2011

dois poemas

por valéria tarelho em


imagem da NASA


ceia láctea


sugar estrelas
nos mamilos
da galáxia

e a seguir
comê-la
:
anseio



ilustração via Google imagens



comedida



engole sapos
tem papas na língua
em um ataque de modos
respira fundo
incorpora midas
doura a pílula

engana
sua fome de fúria
não sacia
sua gana de ira

vive de saco cheio
morre de boca
v_azia


valéria tarelho
* publicados em novembro/11, no "poema curta-metragem"



Bookmark and Share

01 dezembro, 2011

dezembro, seja dez, fique zen, "bro" :)

por valéria tarelho em ,

clique na imagem e dê zoom, bro!


um improviso no Livro da Tribo, que abre dezembro/2011 com poema do Lau Siqueira, o muso do dia :D

Bookmark and Share

A sort of song

por valéria tarelho

UMA ESPÉCIE DE CANÇÃO
[William Carlos Williams]

Que a cobra fique à espera sob
suas ervas daninhas
e que a escrita se faça
de palavras, lentas e prontas, rápidas
no ataque, quietas na tocaia,
sem jamais dormir.

- pela metáfora reconciliar
as pessoas e as pedras.
Compor (Ideias
só nas coisas) Inventar!
Saxífraga é a minha flor que fende
as rochas.

(tradução:  José Paulo Paes)


A sort of song

Let the snake wait under
his weed
and the writing
be of words, slow and quick, sharp
to strike, quiet to wait,
sleepless.

– through metaphor to reconcile
the people and the stones.
Compose. (No ideas
but in things) Invent!
Saxifrage is my flower that splits
the rocks.

WILLIAMS, William Carlos. "The wedge". In:_____. The collected poems of William Carlos Williams. Vol.2. New York: New Directions, 1986.

*imagem:  Futurist typography study by Meredith Caccamo, Fall 2009. From the poem,  A Sort of a Song, by William Carlos Williams.

Bookmark and Share