leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

04 dezembro, 2007

rave cultural

por valéria tarelho em

Casa das Rosas é reinaugurada com Rave e
abre para visitação pública biblioteca
Haroldo de Campos, com 20 mil volumes



Com 18 horas de programação, segunda edição da Rave Cultural ocupa todos os cômodos do casarão, com literatura, música, teatro, performances e poesia, em programação 100% gratuita a partir de sábado (08.12), às 14h

O casarão projetado na década de 20 por Ramos de Azevedo e tombado pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo) em 1986 reabre no sábado (08.12), com Rave Cultural de programação 100% gratuita, produzida pela APAA – Associação Paulista dos Amigos da Arte – Organização Social responsável pela gestão dos teatros Sergio Cardoso e São Pedro, entre outras instituições da Secretaria de Estado da Cultura. Entre os pontos altos da programação está a inauguração da biblioteca Haroldo de Campos, doada à instituição e que passa a ficar aberta para pesquisa pública.

“A Casa das Rosas ficou fechada por quatro meses, quando esteve ocupada pela mostra Casa Arte & Design no Brasil. A parceria público-privada inédita resultou em benfeitorias permanentes e fundamentais para a conservação do patrimônio. Juntos, realizamos uma reforma elétrica, revisão da hidráulica, a instalação de elevador para cadeirantes e rampas de acesso para portadores de deficiência física e ainda restauramos a edícula, transformada agora em um café. A Rave de reinauguração comemora a volta do público ao casarão”, afirma Frederico Barbosa, diretor do espaço.

Da Bibliocasa – A partir de agora, os amantes da poesia e da literatura vão poder visitar uma das mais especiais bibliotecas que o Brasil tem. Trata-se do acervo com 20 mil títulos colecionados pelo poeta e tradutor Haroldo de Campos (1929 – 2003), um dos fundadores do Movimento Concretista, vencedor de cinco prêmios Jabuti e que assinou “transcriações” para o português de autores como Homero, Dante, Mallarmé, Goethe e Maiakovski, além de textos bíblicos como Gênesis e o Eclesiastes.

Todos os títulos poderão ser consultados pelo público. Os interessados em conhecer apenas as “cerejas” do acervo, podem visitar a exposição “Da Bibliocasa”, com dez dos mais importantes títulos da coleção, selecionados pelo professor Trajano Vieira, especialista em literatura grega e que colaborou com Haroldo na tradução de Ilíada, de Homero.


18 HORAS DE PROGRAMAÇÃO


14h – No jardim da Casa das Rosas - TEATRO Marragoni – A peça é uma recriação do texto “Ascensão e Queda da Cidade de Mahagonny”, de Bertolt Brecht e Kurt Weill e será apresentada pelo Núcleo de Teatro de Rua da ELT, sob direção de Ana Roxo. Conta e canta a história de Paulo Pimenta, lenhador da Amazônia que chega a Marragoni, a cidade dos sonhos e ilusões. Duração: 60 min. Vagas: ilimitadas.

16h – No subsolo da Casa das Rosas – Inauguração da BIBLIOTECA - Todos são convidados para o subterrâneo do casarão, onde o Governador José Serra e o Secretário de Estado da Cultura, João Sayad inauguram a Biblioteca Haroldo de Campos para visitação pública. Logo em seguida, os convidados seguem para o hall da Casa das Rosas, quando ex-diretores da instituição como José Roberto Aguilar, Cláudio Tozzi e Cildo Oliveira são recebidos pelo atual Frederico Barbosa em uma sessão de lembranças da construção deste projeto cultural da cidade de São Paulo. Duração: 60 min.

17h – No hall da Casa das Rosas – Série de LITERATURA Desconcertos – A idéia é apresentar ao público novos proseadores brasileiros. Na Rave Cultural, os autores Marcelino Freire e Paulo de Tarso, sob curadoria de Claudinei Vieira, lêem textos consagrados que influenciaram a obra atual deles e em seguida apresentam ao público texto inédito de sua autoria. Um bate-papo informal é aberto com a platéia. Duração: 60 min. Vagas: 100 lugares.

18h – No hall da Casa das Rosas – SHOW com Banda do Canil da USP e grupo Coisa Linda de Deus - Com um repertório formado por ícones da MPB, como Tom Jobim, Vinicius de Moraes e Chico Buarque, além de grandes nomes do samba como Cartola, Noel Rosa e Geraldo Pereira, integrantes da Banda do Canil da USP juntam-se aos músicos do grupo Coisa Linda de Deus para formar o quinteto que promete agitar o início da noite de sábado. Apresentam-se os músicos: Henrique Gomide (piano e escaleta), Zé Motta (vocais), João Fideles (percussão), Gustavo Angimahtz (violão) e Lucas Nobile (cavaquinho). Duração: 60 min. Vagas: ilimitadas.

19h – No hall da Casa das Rosas - SARAU Chama Poética - A “alegria” é o assunto dos versos que os poetas Antonio Lázaro de Almeida Prado e Cássio Junqueira são convidados a declamar para o público presente. A curadoria deste momento da Rave é de Fernanda de Almeida Prado. Além disso, o Sarau vai contar com a presença do grupo No Mesmo Barco, e dos músicos Ozias Stafuzza, Mariana Avena, Neno Miranda, Aurora Maciel e Cristina Pini. Duração: 60 min. Vagas: 100 lugares.

20h – No hall da Casa das Rosas – LANÇAMENTO – O poeta Glauco Mattoso lança, pelo selo Dix Editorial, o segundo volume da série "Mattosiana", intitulado "A aranha punk". Além das temáticas sugeridas pelo título, os sonetos deste livro homenageiam o personagem Níquel Náusea, do quadrinhista Fernando Gonzalez, que assina a ilustração da capa. Duração: 15 min. Vagas: 100 lugares.

20h15 - No hall da Casa das Rosas – SHOW Música e Poesia de Alice Ruiz – Uma pré-estréia do cd “No País de Alice” será realizada na Rave Cultural. A poetisa e cantora Alice Ruiz apresenta-se ao lado de Rogéria Holtz. No repertório, composições musicais feitas por Alice em parceria com pesos-pesados da música como Alzira Espíndola, Arnaldo Antunes, Itamar Assumpção, Rogéria Holtz, Zé Miguel Wisnik e Waltel Branco. Duração: 60 min. Vagas: ilimitadas.

21h – No hall da Casa das Rosas - MULTIMÍDIA - José Roberto Aguilar e a Banda Performática apresentam durante duas horas o melhor da invenção e performance multimídia. Formado pela necessidade de Aguilar - “filho” da vídeoarte e da performance - em pintar o mundo, a banda que nasceu em 1981 tem entre os integrantes Giba (guitarra), Marcos (baixo), Marcelo (bateria), César Maluf (teclados), Loop B (percussão), Daniela, Gabi e Aguilar (vocais), Nelson (vídeo) e Lenira (coreógrafa). Duração: 120 min. Vagas: ilimitadas.

21h – Na sala 1 da Casa das Rosas – VIDEOARTE - Paralelamente ao início da apresentação de José Roberto Aguilar e a Banda Performática, o vj Fábio Vietnica começa maratona de quatro horas de performances de imagens e sons lounge, criando um espaço para a videoarte e a música ambiente, que ocupa o espaço durante a madrugada. Duração 200 min. Vagas: 100 lugares.

22h30 – Na sala 2 da Casa das Rosas – PERFORMANCE Cama e Poesia – Dirigida por José Roberto Aguilar, a atriz Denise Passos protagoniza performance. Duração: 30 min. Vagas: 50 lugares.

23h – No hall da Casa das Rosas – RECITAL – O poeta Luiz Roberto Guedes apresenta Limericks eróticos de sua autoria, acompanhado da banda formada pelos músicos Gustavo Melo, Lu Horta, Paulo Padilha e Marcelo Ferretti, que ficam para a atração seguinte. Duração: 15 min. Vagas: 100 lugares.

23h15 – No hall da Casa das Rosas – INTERAÇÃO - No "Saraokê", ao invés de cantar, o público é convidado a recitar poemas com um fundo musical especialmente criado pelos músicos Gustavo Melo, Lu Horta, Paulo Padilha e Marcelo Ferretti. Esta é uma ousada e divertida experiência de improvisação coletiva. Duração: 60 min. Vagas: ilimitadas.

1h – No hall da Casa das Rosas – SARAU Rascunhos Poéticos. Apresenta o resultado do trabalho desenvolvido por grupos de criação poética dirigidos por Carlos Savasini e Osvaldo Pastorelli há dois anos. Dez novos autores vão ler trabalhos inéditos, com livre temática. Duração: 60 min. Vagas: 100 lugares.

2h – No hall, no primeiro andar e no jardim da Casa das Rosas - SHOW Trio Zabumbão – O grupo de forró formado por Flavio Lima (Triângulo e voz), Chambinho (Acordeom) e Fabinho (Zabumba) coloca todo o público para dançar, em todos os espaços da Casa das Rosas. Duração: 120 min. Vagas: ilimitadas.

4h – No hall da Casa das Rosas – SARAU da Vacamarela - Coletivo formado por jovens poetas, que busca divulgar as tendências da poesia contemporânea. Além de promover o debate literário FLAP, a Vacamarela edita o jornal literário O Casulo. Duração: 60 min. Vagas: 100 lugares.

5h – No hall da Casa das Rosas – SHOW de Pedro Osmar e Amigos - Apresentam o melhor da música de invenção. Com a presença de Zeh Rocha, Vicente Barreto, Rafa Barreto, Gleiziane Pinheiro e Fábio Barros. Duração: 60 min. Vagas: 100 lugares.

7h – No hall da Casa das Rosas – CAFÉ DA MANHÃ – Para encerrar a maratona de shows, literatura, saraus, um café da manhã com pães, bolos, sucos, frios, café, leite, chocolate e chás será servido ao público, gratuitamente.


Novo site – Com a Rave Cultural, a Casa das Rosas inaugura também o novo site da instituição, no qual a nova programação do espaço poderá ser conferida pelo público. O site, além de informações de serviço aos freqüentadores, contém espaço para vídeos, notícias sobre o mundo literário, galeria de fotos, o histórico da Casa das Rosas, a biografia de Ramos de Azevedo e de Haroldo de Campos.


Rave Cultural da Casa das Rosas

Realização: Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo
Produção: APAA – Associação Paulista dos Amigos das Artes
Data: 08 e 09.12, sábado e domingo
Local: Casa das Rosas (Avenida Paulista, 37 – próximo a estação Brigadeiro do Metrô)
Telefone de contato: 11 3285-6986/ 3288-9447
Site: www.casadasrosas.sp.gov.br
Entrada: gratuita
Acesso para portadores de deficiência física

Bookmark and Share

03 dezembro, 2007

escritoras suicidas ed. 22

por valéria tarelho

tema: livre ou diadorim


adriana de oliveira, andréa del fuego, dominique lotte, florbela de itamambuca, jane sprenger bodnar, jussara salazar, marília kubota, mariza lourenço, ro druhens, romina conti, silvana guimarães, valéria tarelho e virna teixeira.

convidadas: andréa motta, daniela dias, denise kasburg e lucila nogueira.

http://www.escritorassuicidas.com.br

ou vá direto ao que interessa:

Bookmark and Share