leitores via feed assinar feed do blogassine textura por email

27 maio, 2006

escritoras suicidas, edição 6

por valéria tarelho

no ar a edição de maio de escritoras suicidas, com o tema: liberdade.

abaixo, um de meus poemas desta edição:

levis & leevre

hoje dispenso meu lado dark
e largo, no armário,
o pretinho básico, diário.

pra variar, (ul)trajo algo indigo :
rasgado, justo, sujo, stonado...

- um escândalo, ele diria -

sábado,
abaixo do umbigo
e acima da virilha,
não quero nada bem comportado.

valéria tarelho

Bookmark and Share

18 maio, 2006

Virada Cultural, na Casa das Rosas

por valéria tarelho em




Sábado, 20 de maio de 2006


18h – Desconcertos na Paulista – a voz da prosa

Direção: Claudinei Vieira
Autor convidado: Matthew Shirts

Mais uma edição dos encontros mensais, de uma hora de duração, em que o escritor convidado lê um texto de sua própria autoria, um texto de algum autor clássico que tenha sido importante para sua literatura, e ainda apresenta um novo escritor. Tudo seguido por um bate-papo descontraído e informal.
Matthew Shirts é um californiano formado em história que se apaixonou pelo Brasil há uns 30 anos e nunca mais abandonou o nosso país. Hoje em dia ele é cronista no jornal “O Estado de S.Paulo” (sua coluna sai todas as segundas no Caderno 2) e editor chefe da revista National Geographic Brasil.

19:30 - Saída do Circuito Pedal

O Clube dos Amigos da Bike visitará os Museus do Estado com saída da Av. Paulista, 37 (Casa das Rosas), com o seguinte trajeto: Consolação, Praça General Osório (Estação Pinacoteca), Praça da Luz (Pinacoteca e Museu da Língua Portuguesa) e Av. Tiradentes (Museu de Arte Sacra). Mais informações no site: Clube dos Amigos da Bike

20h – “E Agora, Drummond?”

Com Geraldo Fernandes.
Participação do músico Beto Kpta.
Texto: Carlos Drummond de Andrade.
Direção: Zé Carlos Freyria.

Baseada em poemas de Drummond, a peça discute os temas recorrentes em sua obra.

21h – “Performance Sensorial”

Apresentações de meia em meia hora, até a meia-noite.

Com o Grupo Sensus, direção de Thereza Piffer.

Elenco: Conrado Carmem, Dan Rosseto, Fernanda Sophia,
Flavio Barollo, Flávio Cáceres, Gisele Porto, Karina Yamamoto,
Marjorie Belanno, Roberto Savioli, e Vanessa Morelli.

A partir de textos dos grandes escritores latino-americanos Jorge Luis Borges, Julio Cortázar e Eduardo Galeano, 10 atores manipulam objetos, sons e sensações propondo o uso da imaginação pelos espectadores, que ficam com os olhos vendados durante toda a apresentação. Através da estimulação dos sentidos da audição, olfato, tato e paladar, a performance procura despertar a magia da leitura integral dos clássicos do nosso continente.


Domingo, 21 de maio de 2006


0h – São Paulo Musiclube

Direção: Pedro Osmar

Show do clube que reúne músicos e poetas como Pedro Osmar, Malungo, Zulu de Arrebatá, Malungo, Esso de Alencar, Lupe Albano e outros.
Pedro Osmar é músico da Paraíba. Poeta, escritor e desenhista, já tocou com vários músicos, dentre eles Zé Ramalho, Elba Ramalho, Lenine e Zeca Baleiro. Faz parte do projeto musical Jaguaribe Carne.

3h – Poetas das Sombras

Sarau de poemas malditos e macabros
Apresentação e condução de Luiz Alberto Machado Cabral e Frederico Barbosa.

Os poetas e professores de literatura Luiz Alberto Machado Cabral e Frederico Barbosa conduzem, em primeiro momento, um recital com poemas de Edgar Allan Poe, Baudelaire, Rimbaud, Lautréamont, Álvares de Azevedo, Augusto dos Anjos, etc. Depois o sarau se inicia, com a participação do público, que será convidado a falar poemas seus ou alheios abordando o tema.

15h – Tem Cocô no Seu Chapéu - Comédia Infantil

Adaptação do livro “Cocô de Passarinho” de Eva Furnari
Texto e direção de Caco Matos.
Elenco: Arthur Nardillo, Carolina Ciutat, Fernando Paneque, Lara Coelho, Maria Elvira Tribuchowski, Mariana Kuntz, Marisa Correia da Silva, Maurício Guerra, Oswaldo Rabello, Tatiana Tribuchowski

A peça apresenta os poucos habitantes de uma pequena cidade do interior, que, todo final de tarde, encontravam-se na praça para conversar sobre seus problemas. O maior deles eram os passarinhos, que vinham fazer cocô em suas cabeças. Incomodados com isso fizeram uma reunião para, depois de muita discussão, chegar a um divertido acordo. Duração: 25 minutos.

Livraria da Imprensa Oficial na Casa das Rosas

Descontos de 20% a 50% em obras sobre arte, cultura e literatura. Livros universitários. Roteiros de teatro e cinema, biografia de artistas brasileiros - Coleção Aplauso. 24h em funcionamento!
Descontos somente durante a Virada Cultural

Casa das Rosas
Av. Paulista, 37, São Paulo
(próximo à estação Brigadeiro)

Bookmark and Share

17 maio, 2006

saudade

por valéria tarelho em


pintura: missing you
© C. Namaz

saudade insana de meu par. aquele, ímpar, que somado a minha unidade, nos torna múltiplos (a dois). saudade daquele um, meu inteiro. eu, igualmente única, total-mente dele. totus corpus. totallma. saudade exacerbada de meu duplo. meu par e ser. par à Lela. eu, una, junto dele, dobro. não sobro. nem (p)resto. saudade trans-par-ente. patente. poeticamente cálida. saudade descorada como corola de flor que não fala. simplesmente exila. exala saudade áspera que despetala. desespera. saudade que ecoa. não cala. não cabe na cela de espera.


valéria tarelho
releitura

Bookmark and Share

09 maio, 2006

espartilho

por valéria tarelho

pequenos medos
pouca pompa
médios apertos
modelam o torso
de meus vers.o.s.

evito ao máximo
vestí-los
de martírio vasto
:
não invisto em
altos (g)ritos
graves modelos
brilho ostensivo
salamaleque no trato

não é nada sexy
excesso de apelo
no corpo do espírito
- seminu -

valeria tarelho
(sujeito a retoques...de novo)

Bookmark and Share

05 maio, 2006

dois, para depois do pôr-do-sol

por valéria tarelho


fotografia © isa vieira

solfejo

na pauta do horizonte
o sol poente ensaia
a escala musical
do beijo ardente
solfejando cromáticas
oitavas maravilhas



arte dinâmica

todos os dias
um deus artista
pinta o mesmo quadro
quando a tarde finda.

apenas diversifica as formas,
intensifica ou esmaece
os contrastes e degradês
da vespertina mostra panorâmica.

transforma, ao acaso,
em arte dinâmica,
a pintura do ocaso

: painel ouro e púrpura
in natura.

valéria tarelho
dois poemas antigos, de 2003.

dica 1: "a poesia de valéria tarelho", um especial da revista eletrônica do instituto de humanidades, da universidade unigranrio, editada por shirley carreira.

dica 2: blog "folha de cima", de rogério santos, cujo maravilhoso "girândola" me relembrou os poemas acima.

dica 3: assistam "antes do amanhecer" (before sunrise - 1995) e "antes do pôr-do-sol" (before sunset - 2004).

Bookmark and Share

01 maio, 2006

repost

por valéria tarelho em , , ,

blue note

ouço um blues
e busco
verdes dreams
no lusco-fusco

: qualquer mint
que se aproxime
ao [gradiente]
relva-fresca-tua-iris

atrás das lentes
lembro
: era eu
no espelho green

ante a mim
and so mines
: your eyes

[olhos tão meus
just once]

note:
a noite tem a nuance do teu nome
escorrendo pela face


valéria tarelho
desarquivado por motivo de força menor
publicado na edição 5 de escritoras suicidas
melhor ingerí-lo ao som de inverno - adriana calcanhoto

Bookmark and Share